CONJUNTIVITE ALÉRGICA E LENTE DE CONTATO
Sergey Cusato Jr OD MSc
IBTPLC
Córnea, Lentes de contato, Alergia, Sergey Cusato Jr
  • Facebook ...
  • Twitter ...
  • LinkedIn ...

Conteúdo do artigo

Conjuntivite Alérgica e Lentes de contato

Sergey Cusato Jr.jpg

A incidência de alergias tem aumentado muito nos últimos anos. Apesar de não se encontrar uma única causa para este aumento, os especialistas consideram a contribuição de inúmeros fatores, incluindo genética, a poluição do ar nas zonas urbanas, animais de estimação e exposição à infecções na primeira infância.
Como a população necessita de tratamento para as alergias, os custos têm aumentado substancialmente no gasto de inibidores alérgicos. Alergia ocular, que muitas vezes é esquecida na presença de sintomas de asma e nasal, pode produzir sintomas irritantes e formas graves, como conjuntivite atópica, que pode levar à perda visual.

Segundo (Leonard Bielory et al) A alergia ocular é uma doença comum que afeta de 15% a 20% da população do mundo e está aumentando em todo o mundo. Nos Estados Unidos, alergias oculares são conhecidas por afetar mais de 20% da população, no Reino Unido foi relatado um aumento de 18,2%. A combinação de alergia nasal e sintomas oculares é extremamente comum em adultos e as crianças.

Arthur B. Epstein, OD FAAO.jpg

O Estudo Internacional de Asma e Alergias na Infância (ISAAC) mostrou que a incidência de rinite com coceira nos olhos e lacrimejamento variou entre os países de 0,8% para 14,9% entre crianças de 6-7 anos de idade e de 1,4% para 39% entre as crianças com faixa etária de 13-14 anos. No entanto, não está claro se a incidência de rinite e conjuntivite foram similares ou se um sintoma foi mais comum do que o outro.
Há uma escassez de dados internacionais para avaliar o aumento da alergia ocular dentro de populações adultas, no entanto, a incidência de alergia nasal foi determinada em 24% a 29%, 28% a 34%, 13% a 23%, 12% a 18 % e 13% para 17% no Reino Unido, França, Alemanha, Espanha e Itália, respectivamente, e 14% nos Estados Unidos. Em uma análise recente dos EUA, na Terceira National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES III), os dados mostram que os sintomas oculares, definidos como "episódios de lacrimejo, coceira nos olhos," afetam 40% da população adulta dos Estados Unidos durante um período de 12 meses, e a incidência de sintomas oculares não mudam significativamente com o idade.
A pesquisa mostrou que a exposição ao gato potencializa muito a alergia nasal ou ocular e sintomas oculares. Em cerca de um quinto dos doentes a poeira domiciliar e de pólen foram mais comuns em regiões interioranas. Os sintomas são também cada vez mais predominantes em países da América Latina - Dados do International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC).

Com o uso de lentes de contato os alergenos potencializam muito, pois muitas vezes o paciente já tem uma conjuntivite alérgica crônica e acaba tendo muitas complicações na conjuntiva e córnea.

Por isso é importante avaliar como está o nível da conjuntiva bulbar e tarsal.

Quando se tem um padrão de uma conjuntiva normal se pode quantificar o que é uma conjuntiva anormal.

Grading Scales.jpg


A tabela acima mostra uma conjuntiva normal, com um dano pequeno, moderado e severo.

Prof. Sergey Cusato Jr Boptm, FIACLE, FIBTPLC,OAA,BCLA,NCLA,CLSA.
Diretor do Instituto Brasileiro de Treinamento e Pesquisa em Lentes de Contato.
 

Área dos membros