LENTES DE CONTATO COMPLICAÇÕES: CERATITE INFILTRATIVA
Sergey Cusato Jr
Instituto Brasileiro de Treinamento e Pesquisa em Lentes de Contato IBTPLC
Lentes de Contato, Córnea, Optometria, Oftalmologia
  • Facebook ...
  • Twitter ...
  • LinkedIn ...

Conteúdo do artigo

sergey Cusato artigo.jpg

A ceratite é uma inflamação que acomete a córnea, superficial ou profunda, ulcerada ou não. Normalmente, é causada por agentes infeciosos e pode surgir como reação alérgica.

 

A ceratite infiltrativa por sua vez pode ser unilateral ou bilateral. Em usuários de lentes de contato é indicado a interrupção temporária do uso. Para um melhor resultado e na maioria dos casos, a suspensao é indicada por uma semana com necessidade de medicação.

A ceratite infiltrada assintomática em pacientes com lentes de contato pode apresentar infiltrações de alguns pequenos infiltrados, algumas vezes múltiplos na periferia da córnea com até 0,4 mm de diâmetro, com leve infiltração difusa em torno, apresenta também manchas puntactas corando com fluoersceina infiltrados pequenos, focais, algumas vezes múltiplos na periferia da córnea como podemos observar na imagem1

ceratite4.jpg

     Figura 1: Infiltrados estromais anteriores sub epitelial, normalmente  causado por bactéria e toxidade.

 

Muitas vezes a ceratite infiltrativa assintomática pode ser diagnostica como ceratite viral, porém, esta é uma reacção da córnea imune, caracterizada pela presença de infiltrados múltipla focal. O paciente relata irritação, hiperemia, lacrimejamento e fotofobia.

 

Os infiltrados são vistos dispersos na área total da córnea. Normalmente, este evento é apresentado na bilateralmente, causada por uma infecção viral de adenovírus.

 

Os pequenos pontos de opacidade sub epiteliais circulares, que se localizam tipicamente na área central nas infecções por adenovírus, podem persistir por muitas semanas e em alguns casos meses até por anos.

 

Neste estudo de caso apresenta-se o caso de uma paciente, com 19 anos, fotografada 1 ano depois do primeiro contato com o agente infeccioso. Embora o tratamento com corticoides resulte em desaparecimento temporário dos infiltrados, o período de tratamento é limitado podendo recorrer opacidades na retirada do medicamento e pelos problemas potenciais dos esteroides como o aumento da pressão intraocular.

 

                         

                  ceratite 5.jpg

                                  Figura 2: Infiltrados por adenovírus recorrente.

 

 

O tratamento das ceratites é baseado no agente causador, no tamanho, gravidade e evolução da doença.  Pode ser clínico com a prescrição de antibióticos pelo especialista, com lubrificação intensa, curativo oclusivo e lente de contato terapêutica. A indicação cirúrgica é indicada quando os demais métodos falharem.

 

Nos casos de ceratites, o profissional deve ficar atento as semelhanças entre os tipos existentes para indicar o melhor método de tratamento para o paciente, garantindo assim melhor qualidade no uso das lentes de contato.

 

 

Prof. Sergey Cusato Jr. O.D Msc FIBTPLC e FIACLE

Diretor do Instituto Brasileiro de Treinamento e Pesquisa em Lentes de Contato. Responsável pela cadeira técnica da disciplina de Contatologia Especial, do Curso de Pós- Graduação Lato Sensu de Optometria Avançada da Universidade Braz Cubas. F.I.A.C.L.E International Association of Contact Lenses Educators. MBCLA British Contact Lens Association. MCLSA Contact Lens Society of America. MSLS. Scleral, MOAA Orthokeratology Academy of America

 

 

REFERÊNCIAS

 Contact Lens-Associated Infiltrative Keratitis and Multipurpose Solutions

 

This article looks at a private practice's experience with CLAIK and silicone hydrogel wear in 2010.

 

 

 

Área dos membros